O ensino remoto na Educação Infantil: desafios e possibilidades no uso dos recursos tecnológicos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15536/reducarmais.5.2021.2296

Palavras-chave:

Aulas-remotas, COVID-19, Educação Infantil, Tecnologias

Resumo

O presente artigo trata a educação não presencial em tempos de pandemia da Covid-19, relacionando-a com o uso das tecnologias digitais como ferramentas de apoio pedagógico e didático diante das dificuldades existentes neste momento tão desafiador com o novo formato de aulas remotas. Nesse sentido, o presente estudo foi realizado com o objetivo de analisar e compreender a realidade que envolve os principais aspectos relativos às contribuições e desafios das mídias e dos recursos tecnológicos na Educação Infantil, tendo como público alvo os profissionais e alunos dessa etapa de ensino. A pesquisa foi realizada em duas escolas de Educação Infantil no Município de Rorainópolis, com o intuito de acompanhar, observar e analisar os processos de desenvolvimentos das aulas em relação as medidas estratégicas realizadas para a socialização e interação das turmas, bem como perceber quais recursos são utilizados, e como acontece esse vínculo entre a escola, família e aluno nesse novo contexto educacional. Realizou-se ainda uma coleta de informações através de entrevistas realizadas com seis professores e seis pais de alunos. Ao fim deste estudo foi possível concluir que o ensino remoto tem sido bastante desafiador e não possui um êxito considerado bom, tanto por ser algo novo para os profissionais de ensino que estão trabalhando em casa, quanto para os pais e familiares das crianças, pela falta de preparo e tempo para acompanhar os filhos, que precisam ser auxiliados e mediados com paciência, atenção e dedicação.

Biografia do Autor

Francimara de Sousa Cunha, Universidade Estadual de Roraima (UERR)

Mestranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) Universidade Estadual de Roraima (UERR), Parceria com Instituto Federal de Roraima (IFRR).

Enia Maria Ferst, Universidade Estadual de Roraima (UERR)

Doutora em Educação em Ciências e Matemática; Professora do Curso de Pedagogia e do Programa de Mestrado em Ensino de Ciências da Universidade Estadual de Roraima (UERR).  https://orcid.org/0000-0003-3509-3609

Nilra Jane Filgueira Bezerra, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR)

Doutora em Educação em Ensino de Ciência e Matemática (REAMEC-UFMT). Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR).

Referências

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a Base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2017. Disponível em: < 568 http:// basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_publicacao.pdf>. Acesso em: 02 jun. 2017.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, 23 de dezembro de 1996. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm>. Acesso em: 26 fev. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Referencial curricular nacional para a Educação Infantil. (s/p. online). Brasília: MEC, SEB, 1998. BRASIL. Ministério da Educação.

BRASIL, Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, 1998.

___________. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Nacionais de Qualidade para Educação Infantil, Volume 2. Brasília: MEC/SEC, 2006.

GIL, A.C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1999. p. 168.

LIBÂNEO, J.C. Adeus, professor, adeus professora. Pág. 70. São Paulo: Cortez, 2011.

MORAES, S.A., TERUYA, T.K. Paulo Freire e formação do professor na sociedade tecnológica. Págs. 2, 5, 7. UNIOESTE – Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Cascavel, PR. 2010.

MORAN, J.M.; MASETTO, M.T.; BEHRENS, M.A. Novas Tecnologias e mediação pedagógica. 21ª edição revisada e atualizada. Campinas, SP: Papirus, 2013. p. 12, 31 e 53.

PENSAR, a educação. pensar o Brasil. Jornal.1822-2022 – Av. Antônio Carlos, 6627, Pampulha – Belo Horizonte – MG – CEP 31270-901 – Faculdade de Educação Sala. 1206.

RIBEIRO, S. S. Marcelo; SOUSA, M.M. Clara. Aulas Remotas e seus desafios em tempo de pandemia. Jornal pensar a educação em pauta. 10 de junho de 2020. Disponível em: <https://pensaraeducacao.com.br/pensaraeducacaoempauta/aulas-remotas-e-seus-desafios-em-tempo-de-pandemia>. Acesso em: 24 març. 2021.

Downloads

Publicado

2021-04-29

Como Citar

Cunha, F. de S., Ferst, . E. M., & Filgueira Bezerra, N. J. . (2021). O ensino remoto na Educação Infantil: desafios e possibilidades no uso dos recursos tecnológicos. Revista Educar Mais, 5(3), 570-582. https://doi.org/10.15536/reducarmais.5.2021.2296

Edição

Seção

Artigos