O ensino remoto e as estratégias dos pais em manter os filhos conectados à escola pública

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15536/reducarmais.5.2021.2303

Palavras-chave:

Ensino Remoto; Estratégias dos Pais; Alunos; Escola.

Resumo

Este artigo tem como objetivo verificar se os pais de alunos do Ensino Médio se preocuparam mais com a educação escolar de seus filhos durante o ensino remoto Para isso foi feita uma pesquisa biográfica-documental e de campo através de questionário na plataforma Google Forms. Foram entrevistados 30% dos pais de alunos do 2º ano do Ensino Médio de uma escola pública estadual do centro da cidade de Boa Vista/Roraima. Os dados obtidos foram interpretados a partir de uma perspectiva qualitativa fenomenológica. Este estudo conclui que há sim uma preocupação em manter os alunos conectados à escola durante o período pandêmico, mesmo através de ações aparentemente simples, os pais se envolvem mais com os assuntos relacionados à educação. Em relação ao ensino remoto fica evidente que não é eficaz, não satisfazendo e não atendendo às necessidades do momento, isso fica evidenciado tanto pelas respostas diretas quanto pela quantidade significativa de pais que não responderam às perguntas referentes ao ensino nessa modalidade. Assim, para vencer a nova ordem social, os pais buscaram meios para auxiliar os filhos dentro das possibilidades de cada um.

Biografia do Autor

Jacilene Silva da Cruz, Universidade Estadual de Roraima (UERR)

Graduada em Letras pela Universidade Estadual de Feira de Santana/BA – UEFS, Especialista em Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa e pelo Instituto Brasileiro de Pós-Graduação - IBPEX, Mestranda em Educação pela Universidade Estadual de Roraima – UERR.

Roberta Fernandes Vieira, Universidade Estadual de Roraima

Graduada em Letras pela Universidade Federal da Paraíba/PB – UFPB, Especialista em Metodologia do Ensino da Língua Portuguesa e Literatura pelo Instituto Brasileiro de Pós-Graduação e Extensão – IBPEX, Mestranda em Educação pela Universidade Estadual de Roraima – UERR.

Enia Ferst, Universidade Estadual de Roraima

Licenciada em Pedagogia – Universidade do Vale do Rio dos Sinos (1995), Especialista em Gestão de Sistemas Educacionais – UFAM (2001), Mestre em Ensino de Ciências e Matemática – ULBRA/RS (2010), Doutora em Educação em Ciências e Matemática – REAMEC/UFMT (2016). Professora do quadro efetivo da Universidade Estadual de Roraima-UERR.

Referências

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017.

BRASIL. Constituição (1988). Capítulo III – Da Educação cultura e Desporto. 48ª edição. Edições Câmara – Câmara dos Deputados, Brasília, 2015.

BRASIL. Decreto de n.º 9.057, de 25 de maio de 2017. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF, 26, mai. 2017. Seção 1. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=65251-decreto9057-pdf&category_slug=maio-2017-pdf&Itemid=30192. Acesso em 15 out. 2020.

BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA, 2019. Disponível em: https://www.gov.br/mdh/pt-br/centrais-de-conteudo/crianca-e-adolescente/estatuto-da-crianca-e-do-adolescente-versao-2019.pdf. Acesso em: 29/08/2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria 188/GM/MS. Declara Emergência em Saúde Pública de importância Nacional (ESPIN) em decorrência da Infecção Humana pelo novo Coronavírus (2019-nCoV). Disponível em: https://www.in.gov.br/web/dou/-/portaria-n-188-de-3-de-fevereiro-de-2020-241408388 Acesso em: 22 set. 2020.

CESUSC. Veja a diferença entre EAD e aulas remotas. 2020. Disponível em:

https://www.cesusc.edu.br/veja-diferenca-entre-ead-e-aulas-remotas/. Acesso em: 15 out. 2020.

CHIZZOTI, Antônio. Pesquisa qualitativa em ciências humanas e sociais. 2ª edição São Paulo, Cortez

FLORES, Natália. Desigualdade social e tecnologia: o ensino remoto serve para quem? Disponível em: https://www.blogs.unicamp.br/covid-19/desigualdade-social-e-tecnologia-o-ensino-remoto-serve-para-quem/. Acesso em 18/09/2020.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 70ª edição. São Paulo, Paz e Terra, 2019.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4ª ed. São Paulo, Atlas, 2002

HODGES, C.et.al., Diferenças entre o aprendizado online e o ensino remoto de emergência. Revista da Escola, Professor, Educação e Tecnologia. Disponível em: https://escribo.com/revista/index.php/escola/article/view/17/16. Acesso em: 15 out. 2020.

MELO, Lélia Cristina de. A importância de pais e escola educando juntos. Gazeta do Povo. Sempre Família. Curitiba/PR. 15 de julho de 2015. Disponível em: https://www.semprefamilia.com.br/artigo/a-importancia-de-pais-e-escola-educando-juntos/ Acesso em: 09/08/2020.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. Ciência, Técnica e Arte: o desafio da pesquisa social. In: MINAYO, Maria Cecília de Souza (Org.); DESLANDES, Suely Ferreira; CRUZ NETO, Otávio; GOMES, Romeu. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 21ª. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

RIBEIRO, Maria Luisa Santos. História da Educação Brasileira: a organização escolar. 21ª edição. Campinas, SP: Autores Associados, 2011.

RORAIMA. Decreto 28587-E de 16 de março de 2020 – Medidas para enfrentamento da emergência de Saúde Pública de importância internacional decorrente do Corona Vírus e dá outras providencias. Disponível em: http://www.imprensaoficial.rr.gov.br/app/_visualizar-doe/ Acesso em 05/09/2020.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico. 24ª edição. São Paulo: Cortez, 2016.

SIMON, Roger J. A Pedagogia como uma tecnologia cultural. In: SILVA Tomaz Tadeu (org.) Alienígenas na sala da aula. Uma introdução aos estudos culturais em educação. 11ª ed. Petrópolis – RJ, Vozes, 2013.

ZAJAC, Danilo. Ensino remoto na Educação Básica e COVID-19: um agravo ao Direito à Educação e outros impasses. Disponível em: http://proec.ufabc.edu.br/epufabc/ensino-remoto-na-educacao-basica/ . Acesso em 15 out. 2020.

Downloads

Publicado

2021-04-24

Como Citar

Silva da Cruz, J., Fernandes Vieira, R., & Ferst, E. (2021). O ensino remoto e as estratégias dos pais em manter os filhos conectados à escola pública. Revista Educar Mais, 5(3), 530-545. https://doi.org/10.15536/reducarmais.5.2021.2303

Edição

Seção

Artigos